notícias
58 anos de bons serviços
09 out '17

Foto: © Fotolia

A Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico foi fundada no dia 30 de outubro de 1959 na cidade do Rio de Janeiro. Este mês estamos, portanto, comemorando nosso 58º aniversário.

Naquele dia, a maioria dos líderes que compareceram à Assembleia fluminense, vindos de vários Estados, tinham o ideal de criar uma entidade de âmbito nacional que representasse o setor em geral e atendesse às necessidades dos doentes, no sentido de obterem apoio para o restabelecimento de sua saúde. A maioria dos líderes presentes àquela reunião eram farmacêuticos e tinham em comum o desejo de que o segmento fosse representado por uma entidade nacional – na defesa dos interesses de todo o comércio varejista de medicamentos. A proposta de criação de entidades regionais não recebeu apoio – os sindicatos estaduais e regionais já atendem a essa finalidade – assim como sua subdivisão, pelas categorias de pequena, média e grande.

Em 22 de novembro de 1960, pela Lei 3.820, foram criados o Conselho Federal de Farmácia e os regionais. Apesar do nome, esse Conselho não é de farmácia – mas de farmacêuticos. A ABCFARMA, sim, representa farmácias e drogarias em todas as instâncias.

A ABCFARMA é a única entidade representativa do setor que, através de sua revista, coleta, edita e publica os preços dos medicamentos em conformidade com as listas fornecidas pelos produtores. No passado, antes da expansão industrial, as farmácias eram as empresas que exerciam a manipulação e comercialização de medicamentos, era o local aonde os doentes se dirigiam para resolver seus problemas. Muitas das ações que as farmácias exerciam não tinham amparo legal, era preciso modernizar o sistema, para o melhor atendimento dos clientes. Já comigo na presidência da ABCFARMA, foi aprovada a realização de estudos das normas existentes a fim de aproveitarmos trabalhos em andamento e encaixar neles os que eram necessários para a legalização do que já existia, incluindo propostas para a modernização do setor. Com isso, estendemos a função das farmácias para o melhor atendimento aos doentes.

Criamos a Empresa Drogaria, derivada da Farmácia, mas sem laboratório para manipulação, que poderia trabalhar com outros produtos para satisfazer as necessidades dos consumidores.

Criamos o posto de medicamentos, necessário na época. Criamos Distribuidor, Importador e Exportador.

Estabelecemos produtos dietéticos, correlatos, acessórios, a venda de cosméticos e produtos homeopáticos.

Na época havia grande carência de profissionais farmacêuticos.

Criamos, junto ao Conselho Federal de Educação, o curso de Técnico de Farmácia.

Nosso trabalho não parou nos fatos descritos, que são apenas um resumo. Estamos sempre na linha de frente quando o assunto são empresas varejistas. Os problemas nunca acabam. E, nesses 58 anos, temos ido atrás das melhores soluções.

Continuaremos seguindo esse caminho de luta e sucesso.

Presidente - Pedro Zidoi Sdoia

+ NOTÍCIAS