notícias
Aposte em uma estratégia de branding
15 mar '18

Foto: © kantver

Toda empresa nasce para entregar algo para alguém. E conhecer esse alguém faz toda a diferença.

Com uma comunicação tão globalizada e com toda a força da internet, fica difícil para uma empresa manter seus números em constante crescimento sem se destacar no mercado – e sem um fator que a diferencie de todo o resto. Hoje, diversas pesquisas mostram que a percepção de valor de uma empresa ou produto pode variar de acordo com a maneira pela qual ela se apresenta e se CONECTA com seu cliente. Ou seja, o que é entregue, de uma maneira geral, ao público final. O que chama a atenção desse público, o que causa empatia e ligação, interfere diretamente no quanto o consumidor está disposto a gastar. Essa percepção em relação à marca é o que chamamos de BRANDING.

Uma marca não é somente um logo, mas tudo o que remete a ela, seja no âmbito visual ou verbal. Dessa maneira, sua identidade e seu comportamento, em todos os pontos de contato, precisam estar coerentes com o discurso proposto e, principalmente, com os desejos e intenções do público-alvo. Toda empresa nasce para entregar algo para alguém e conhecer esse “alguém” faz toda a diferença.

A Apple é um grande exemplo de branding. A empresa não se vende apenas como uma desenvolvedora de aparelhos de celular. Seu discurso é de um negócio que visa conectar pessoas e criar experiências através de devices (dispositivos). Os consumidores dessa marca se identificam com o seu posicionamento e desejam fazer parte do mundo Apple, desejam caminhar junto com a marca. Simples assim!

Como o Branding pode fazer a diferença no universo farmacêutico.

Todas as farmácias vendem praticamente os mesmos produtos. O que as referencia dentro do mercado é a soma dessa oferta aos serviços disponibilizados ao público – atendimento, facilidades, entregas e ações. Um medicamento, por exemplo, é apenas um medicamento, com funções bem definidas, e poderá ou não ser comprado por seu cliente. O que faz o consumidor se dirigir à sua farmácia e optar por se relacionar com sua marca é a maneira como ela constrói esse relacionamento - através de ações positivas, comunicação com os diversos públicos, publicidade em grandes meios e pequenos nichos e a forma como a marca contribui com o meio ambiente, entre outros atrativos.

A gestora da Agência Mud&Co, Ana Lúcia Hernandes, diz que essa preocupação em construir o universo da própria marca é o grande desafio das empresas. “Hoje, nosso propósito como agência é justamente auxiliar pequenas e médias empresas na construção desse discurso de marca, visual e textual, levando nossa expertise para dentro do negócio. É um trabalho feito com muita sinergia e imersão no universo do cliente para entendermos as suas reais forças e dores”, fala.

O mundo digital e as redes sociais como aliados.

Esse universo próprio da marca, e tudo que a cerca, também está relacionado com a experência digital que ela é capaz de proporcionar, seja em um site, um e-mail marketing ou mensagens nas redes sociais. Tudo está se relacionando e mostrando para o seu público quem é você.

Por isso é tão importante conhecer bem seus stakeholders (públicos). Só assim sua marca será capaz de determinar a melhor forma de encontrá-los e de criar um eixo de comunicação no ambiente digital, além de identificar os melhores meios, redes sociais etc.

“As empresas precisam entender que, o tempo todo, estamos lidando com pessoas e a comunicação permanente, principalmente no meio digital, não pode nunca ser deixada de lado”, explica Ana. “Aqui na Mud&Co, para iniciarmos um trabalho no meio digital, criamos personas, que são os possíveis perfis de clientes, que englobam características pessoais, como idade, gostos, estilos, sexo etc”, explica.

Com uma identidade bem definida e um público bem mapeado, seus esforços de comunicação serão mais certeiros, otimizando tempo e dinheiro.

Você já ouviu falar em Marketing Digital de Performance?

Bem, o marketing de performance é uma categoria do marketing digital 100% focada em resultados. Como a mídia digital consegue trabalhar bem com o registro de dados, é fácil acompanhar quaisquer ações do cliente em um anúncio. Por exemplo: se a campanha foi exibida para ele, se ele clicou no anúncio, acessou o site, colocou o produto no carrinho, finalizou ou não a compra, entre outros. Conseguimos, assim, contabilizar esses números para que possamos gerar relatórios específicos que mostram mais detalhadamente se o seu público-alvo está sendo impactado ou não e se o valor investido é custeado por negócios fechados nessas ações.

Mas, por que o marketing de performance é tão importante?

Vamos refletir: você já parou para pensar o porquê de grandes marcas fazerem campanhas em TV aberta? Claro! Isso deve lhes trazer um enorme retorno. Mas imagine comigo: ela pode até saber qual a média de espectadores que estão com a TV ligada naquele horário em que seu comercial é exibido. Mas não é possível mensurar quantas pessoas de fato viram aquele anúncio - ou melhor, quantos produtos foram vendidos exclusivamente para pessoas impactadas por ele.

Esse cenário é próprio do marketing tradicional: a empresa não consegue identificar o momento em que o investimento, em uma determinada mídia, estará gerando mais clientes para ela que os veiculados na outra mídia.

Já o marketing digital de performance usa as facilidades da mídia digital para acompanhar todo o trajeto do cliente e tornar os investimentos mais certeiros, especialmente para lojas virtuais e campanhas de marketing digital.

Como? Criando um elo entre o anúncio e seu trajeto: quantas vezes o anúncio foi acionado e exibido para o cliente, quantas vezes os clientes clicaram nele e quantas vezes iniciaram e concluíram uma compra ou a iniciaram, mas desistiram dela. O marketing passa por uma enorme transição entre off-line e on-line: cada vez mais as empresas estão buscando novas maneiras de atingir seu público-alvo e mensurar se o investimento feito de fato tem retorno, como afirma Lucas Miranda, Diretor de Tecnologia da Nettwork.

Como posso começar?

Para iniciar o planejamento de marketing de performance, você precisa saber, de forma clara e direta, quais são as suas metas e objetivos com a campanha. Sabemos que é difícil obter bons resultados quando não se sabe que caminho percorrer. Portanto, a empresa precisa ter esses objetivos claros na cabeça, para que um profissional especializado saiba onde e como suas ações de marketing pretendem atingir o consumidor final. Entre em contato com a Nettwork para que um dos nossos especialistas possa analisar suas estratégias on-line e ajudar sua empresa a se posicionar melhor no Google e aumentar a performance de conversão do seu e-commerce ou website.

+ NOTÍCIAS