notícias
Coaching. Faz a diferença
20 abr '16
Foto: © Rido - Fotolia.com

Neste artigo eu gostaria de tratar de um tema que está na moda e tem contribuído muito com diversas pessoas e empresas. O Coaching

O que é o Coaching? É um processo de trabalho que envolve um Coach e um Coachee.

O Coach é um profissional com experiência em determinadas áreas, que buscou uma formação específica para contribuir com as pessoas na busca de metas.

Que metas são essas?

Metas pessoais: familiares, espirituais, financeiras e de saúde.

Metas profissionais: crescimento na carreira, crescimento do negócio próprio e como empreendedor.

O Coachee é o cliente, que busca essa orientação. As metas devem ser definidas pelo próprio Coachee, pois as metas são individuais e bastante pessoais.

O trabalho do Coach é orientar o seu cliente, através de um método já largamente utilizado e comprovado. Em etapas, com o devido acompanhamento.

Grandes lideres de grandes empresas, como Abílio Diniz, ex Pão de Açúcar e atualmente maior acionista e presidente do conselho do Carrefour e também da Brasilian Food, fusão da perdigão e Sadia; Jack Welch, ex-presidente da General Eletric e considerado um dos maiores presidentes de empresas do mundo, e Eric Schmidt, ex-presidente mundial do GOOGLE, são adeptos e defensores do processo de coaching.

Eric Schmidt chegou a afirmar que ter um Coach fez toda a diferença na sua carreira.

Numa definição simples, o processo de coaching ajuda a pessoa ou empresa a sair do estado atual para o estado desejado.

Por que estou tratando desse assunto nesta coluna?

Sou consultor para o varejo farmacêutico graças à grande experiência que adquiri no segmento. Neste ano de 2016, completo 41 anos no ramo, da limpeza da Farmácia Orion em Andradina-SP, onde iniciei em 1975, às diretorias executivas e presidência de redes de alcance nacional; passei por todas as etapas no setor, incluindo cinco anos na indústria farmacêutica Medley.

No meu trabalho de consultor, observei que muitos clientes precisavam também de um trabalho de Coaching. Então busquei essa formação para me ajudar a ajudar meus clientes.

Estamos vivendo um momento de muitas incertezas no Brasil. Com tantas noticias avassaladoras sobre crise, vejo muitos empresários perplexos e perdidos. E um processo de coaching pode ajudar muito neste momento.

E quero dar aqui umas dicas:

1 Estude com bastante realidade o momento de sua empresa. Não se deixe contaminar pelas notícias ruins, mas não deixe de considerar aquilo que pode afetar seu negócio.

2 Trace um plano, considerando sua realidade financeira e sua capacidade de atingir. Lembre-se: pode sonhar, mas, na hora de colocar o sonho como meta, é preciso considerar todas as variáveis. Como a velha história do ponta Garrincha, que, em 1958, após as instruções do técnico Feola para o jogo contra a Rússia, teria perguntado ao técnico: “Seu Feola, o sr. combinou isso tudo com os russos?”

METAS

Criar metas é um processo que gera compromisso, respeito e responsabilidades. No inicio, parece difícil, mas em pouquíssimo tempo se torna um hábito e tudo começa o fluir com mais facilidade. Elas podem ser:

ESPECÍFICA
SISTÊMICA
POSITIVA
EVIDÊNCIA
RECURSOS
TAMANHO
ALTERNATIVAS

ESPECÍFICA: é preciso definir com clareza exatamente o que você quer, e para quando você quer. Procure usar imagens dessa meta atingida.

SISTÊMICA: todas as mudanças causam efeitos em um nível sistêmico. Ou seja, afeta outras pessoas e outras áreas. É preciso considerar esses efeitos.

POSITIVA: a sua meta precisa ser elaborada em termos positivos. Uma meta do tipo “eu não quero engordar” causa uma confusão mental. Nesse caso, uma meta positiva seria: “EU QUERO SER MAGRO”. A imagem gerada será de você magro.

EVIDÊNCIA: são as evidências que lhe dirão se você está no caminho certo, e a tempo de corrigir os erros cometidos. Então, defina que evidências você vai utilizar.

RECURSOS: para que não seja apenas sonho em vão, é preciso identificar se você tem os recursos necessários e se conseguirá os que ainda não tem.

TAMANHO: é fundamental avaliar se sua meta está no tamanho adequado. Se for grande demais, divida em áreas ou partes.

ALTERNATIVAS: é preciso ter mais de uma alternativa como plano de ação. É a famosa expressão “o plano B”. O ideal é ter três alternativas de aplicação.

Escrevam, desenhem, usem imagens, espalhem pela empresa, pela casa, de forma que as metas sejam sempre visíveis e influenciem as pessoas envolvidas.

E lembrem-se sempre. Os pensamentos são ENERGIAS. E podemos gerar ENERGIAS POSITIVAS.

Mais informações sobre o tema: Whatsapp: 19 98237 3900 / e-mail: ruitelles@focomax.com.br

+ NOTÍCIAS