notícias
Farmácias Pague Menos. Economia sob o sol
18 abr '17

Foto: reprodução

Entre diversas ações de estímulo ao bem-estar e de cuidado com o meio ambiente, as Farmácias Pague Menos inauguraram em 2015 sua primeira usina geradora de energia solar no Centro de Distribuição de Fortaleza, em parceria com a Helio Energias Renováveis, para suprir 30% do consumo médio mensal da unidade.

O projeto já rende para a empresa uma economia anual de cerca de 32 mil reais com a utilização de energia limpa. A mesma parceria acaba de render a implantação do parque gerador de energia solar no CD de Hidrolândia, em Goiás, capaz de suprir 104% do consumo mensal da unidade. Isso permite que, além do centro de distribuição, a rede abasteça mais duas de suas farmácias da região. Com o sistema de abastecimento solar do CD, estima-se economia anual de R$ 57.477,60.

O sistema utiliza 588 placas fotovoltaicas, ocupando 988 m² instalados na cobertura do Centro de Distribuição, estrategicamente dispostas para receber maior incidência solar ao longo do dia. Em outubro, o primeiro condomínio solar do Brasil, construído pela Enel, por meio da sua empresa de soluções Prátil, também começou a fornecer energia para unidades das Farmácias Pague Menos no Ceará. Localizado na cidade de Limoeiro do Norte, o empreendimento é o primeiro condomínio solar do Brasil em geração distribuída.

A unidade funciona como um condomínio, com vários lotes de microgeração que podem ser utilizados para o autoconsumo remoto. A Pague Menos receberá 1.750 megawatts/hora (MWh) por ano, para atender 40 lojas no estado do Ceará, o que representará uma economia em torno de 8% por mês na conta de luz da rede no estado.

Com o objetivo de comunicar ao consumidor quais estabelecimentos utilizam energia limpa, as Farmácias Pague Menos já iniciaram o processo para receber a certificação do Instituto para o Desenvolvimento das Energias Alternativas na América Latina (Ideal), o chamado Selo Solar, que identifica para os consumidores os estabelecimentos que hoje já apostam na energia do futuro. A rede também está desenvolvendo um selo próprio de identificação para as lojas.

“A iniciativa não só está em conformidade com a sustentabilidade para o negócio, como também contempla um dos tripés da empresa, que é o da inovação. Em 2017 vamos ampliar os parques geradores e condomínios de energia solar para mais lojas. Este projeto é vital. Reflete a preocupação da companhia em agir sem prejudicar o ambiente e respeitando as cidades onde estamos presentes”, explica Mário Queirós, presidente das Farmácias Pague Menos. Nos próximos dois anos, as Farmácias Pague Menos pretendem abastecer lojas de Pernambuco e as demais do Ceará com energia solar.

Em Pernambuco, será construído um condomínio solar na cidade de Itapissuma, que abastecerá 73 lojas do estado, com economia anual de R$ 632.476,56. Em Limoeiro do Norte (CE), será instalado outro condomínio solar que abastecerá todas as demais lojas da rede no estado, que hoje são 156.

As Farmácias Pague Menos são a primeira rede varejista presente nos 26 estados da Federação e no Distrito Federal, hoje com mais de 930 lojas, em cerca de 320 municípios.

+ NOTÍCIAS