notícias
GS1 - Brasil em Código. Tudo conectado a tudo
04 ago '18

Foto: reprodução/gs1br.org

A GS1 Brasil, Associação Brasileira de Automação, realizou dia 5 de julho último a 8ª Conferência Internacional “Brasil em Código”, na qual especialistas discutiram a nova era de transformação digital – que alcança todos os setores da economia, inclusive o varejo.

Foi um dia de reflexão sobre a vida totalmente inter-relacionada pelas tecnologias digitais – incluindo a chamada indústria 4.0. Sob o tema “Tudo conectado a tudo”, a GS1 Brasil promoveu uma tarde de networking entre os diretores e gerentes da entidade com mais de 400 executivos das principais empresas do país e especialistas em tendências de tecnologia, indústria e logística. O processo de digitalização e a mobilidade tem revolucionado a gestão do volume de informações geradas diariamente nas instituições públicas e privadas. O conceito da indústria 4.0 transcendeu a manufatura e envolve todos os setores da economia.

Com tudo e todos conectados, a conferência “Brasil em Código” propôs uma reflexão sobre o impacto dessa revolução no modelo dos negócios. “Estamos no momento da interoperabilidade e da capacidade em entregar resultados em tempo real, o que mudou completamente o perfil das pessoas, tanto profissionalmente quanto do ponto de vista do consumidor”, comenta João Carlos de Oliveira, presidente da GS1 Brasil. É essa discussão que esteve latente na série de palestras e debates do evento. Após a abertura da apresentadora Sabina Simonatto, a primeira palestra, de Ronaldo Fragoso, expôs estudos da consultoria Deloitte sobre tecnologias emergentes e sua influência na sociedade. Em seguida, o painel “Lets talk indústria 4.0” reuniu expoentes de empresas que já avançaram no conceito da quarta revolução industrial. O caso da Mercedes-Benz do Brasil, cuja linha de montagem já está parcialmente robotizada, foi apresentado pelo COO Carlos Santiago. Outro caso emblemático no país é o da TetraPak, que foi relatado por Fernando Caprioli.

A Siemens foi o case seguinte, apresentado por Daniel Scuzzarello.

A Digitalização na indústria 4.0 têm ganhado mais força nos últimos anos. Sempre atenta às movimentações do setor, a Siemens, como uma das líderes no fornecimento de soluções de digitalização e Indústria 4.0, tem alertado sobre o crescimento desta tendência. No geral, o uso de tecnologias digitais na indústria brasileira ainda é pouco explorado. Empresas de médio e até mesmo pequeno porte poderiam se beneficiar dos novos modelos de negócios e das oportunidades que essa mudança tem trazido. “Este evento é muito importante, principalmente pelo atual momento de transformação pelo qual o Brasil passa, no qual a indústria 4.0 pode se tornar um importante motor para o desenvolvimento do país”, afirmou Daniel Scuzarello, diretor de portfólio da Siemens PLM, que ministrou a palestra “Indústria 4.0, presente, futuro (ou passado)?”.

Outros destaques do evento foram Duília de Mello, astrofísica brasileira, vice-reitora da Catholic University em Washington e colaboradora da NASA Goddard Space Flight, e Ronaldo Lemos, pesquisador visitante e representante no Brasil do MIT Media Lab – que abordou o varejo, o consumidor omnichannel e as tecnologias emergentes.

Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. A organização brasileira tem 58 mil associados. O presidente da ABCFARMA, Pedro Zidoi Sdoia, é um dos vice-presidentes da GS1 – e esteve presente à Conferência, realizada no centro de convenções do Unique Hotel.

+ NOTÍCIAS