notícias
Menos pessimismo, mais qualificação
20 abr '16
Foto: © Fotolia.com

Com a crise que assola o país, muitos veículos da mídia impressa, como jornais e revistas, encerraram suas atividades – ou, no mínimo, reduziram dramaticamente o número de páginas de suas publicações.

Mas sempre existirão as que permanecem na ativa – e continuam merecendo a preferência de anunciantes, para divulgar seus produtos, e leitores que buscam informações especializadas.

Existe uma antiga expressão, que diz: “Quem não divulga o que faz cai no esquecimento”.

Isso ocorre com muitos produtos: é em momento de dificuldades que se torna necessário aumentar a divulgação, para aumentar o consumo e as vendas.

Pode-se perguntar: por que a crise não atinge todas as empresas, poupando, por exemplo, algumas feiras de negócios?

A resposta é simples.

Quando o fabricante de um determinado produto está satisfeito com as vendas e, por economia, suspende a propaganda, um concorrente que comercializa produtos similares aumenta sua visibilidade no mercado e assume os consumidores do rival – e esse movimento, geralmente, não tem retorno.

Um exemplo disso é típico da atual crise, quando são dispensados os profissionais mais caros, substituídos por outros, mais baratos mas sem experiência. Também se buscam novos fornecedores de matérias-primas, comprando sempre as que estão em oferta e com preço reduzido.

Moral da história: perdem-se a venda e o cliente – e este leva outros consigo.

É assim que a crise se amplia.

Esse exemplo serve para as farmácias e drogarias quando detectam queda em suas vendas – seja pela má qualidade do atendimento ou pela substituição de produtos.

A ABCFARMA é um exemplo positivo: está sempre realizando inovações, por meio de profissionais qualificados, sempre trabalhando na busca da perfeição.

A atual crise que o país enfrenta não tem prazo para terminar.

Não podemos permanecer pessimistas.

Vamos corrigir possíveis erros e, diariamente, nos preparar para superar qualquer dificuldade com que possamos nos deparar.

Lembrem sempre: o sucesso não aceita pessoas desmotivadas e que não almejem um futuro vitorioso.

Vamos analisar o que os clientes esperam de nós.

É lógico que ninguém é perfeito, mas o que pode tornar a solução mais fácil de ser alcançada é o pensamento positivo: analisar nossos pontos fracos e nos preparar para sobrepô-los.

Para quem quer aprender, há livros cuja leitura nos leva a superar sistemas de gestão inadequados.

E também existem cursos à distância que nos enchem de sabedoria e projetam um futuro vitorioso. A Revista ABCFARMA conta com profissionais que levam o leitor a um novo patamar de conhecimentos e trilham com ele o caminho para o sucesso.

+ NOTÍCIAS