notícias
Uma agenda a favor da farmácia
04 ago '18

Foto: © Fotolia

O expediente de trabalho diário, na ABCFARMA, se inicia às 8h30 e tem encerramento às 17h30. Todas as 3ª feiras, realizamos reuniões com a equipe editorial da revista, para checagem do andamento das matérias que serão publicadas e determinação de outras pautas.

Em seguida a essa reunião editorial, damos início a outra, desta vez com os contatos comerciais que rotineiramente visitam as indústrias farmacêuticas e outras que anunciam seus produtos e serviços na revista.

Citei, como exemplo, essas duas reuniões semanais realizadas na sede da ABCFARMA, em São Paulo, mas há que mencionar também as que são feitas em Brasília, e em outras cidades para as quais somos convidados.

Todas essas reuniões com a presença da ABCFARMA têm como objetivo a defesa de farmácias e drogarias. São muitos os Projetos de Lei apresentados pelos senadores e deputados federais e que afetam nosso segmento.

Há também as medidas provisórias geradas pela Presidência da República e que entram em vigor na data da assinatura e da publicação no Diário Oficial da União.

Antes, essas Medidas Provisórias devem ser enviadas ao Congresso Nacional no período de 60 dias – durante o qual o Parlamento deve formar uma comissão mista de sete deputados e senadores para analisar a medida.

A ABCFARMA, através de seu departamento jurídico, acompanha os trabalhos dessa Comissão e, quando necessário, intervém na defesa dos interesses das empresas que compõem o setor varejista de medicamentos.

Essas viagens a Brasília são constantes e com despesas elevadas, em transporte e hospedagem.

As informações acima são apenas um pequeno demonstrativo do trabalho diário que é exercido pela entidade, que não tem arrecadação compulsória e consegue cumprir suas determinações estatutárias com a colaboração de anunciantes, associados e sócios-colaboradores.

Além de seu presidente, funcionários e colaboradores que trabalham na entidade, direta ou indiretamente, têm amor pelo trabalho que executam.

Sou agradecido também ao gestor Felício De Rosa Neto, aos advogados Dr. Rafael Souza de Oliveira Espinhel de Jesus e Dr. André Bedran Jabr.

Pedro Zidoi Sdoia
Presidente

+ NOTÍCIAS